Notícia


Financiamento em Licitações....

Bndes terá fatia menor no financiamento de licitações 
Banco quer soluções para as pendências das concessões atuais
 
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) está discutindo com agências reguladoras e o Programa de Parcerias de Investimentos como solucionar pendências de antigas concessões e quais seriam as mudanças para as novas. Entre os itens em pauta estão realismo tarifário, não permitir que o concessionário contrate ele mesmo para fazer o projeto e uma participação menor do Bndes no financiamento nas próximas rodadas de licitações. 

“O Bndes teve um papel central nas concessões passadas, alavancando muito os investimentos. Esse é um dos aspectos que se pretende mudar. Em alguns casos, o banco chegou a alavancar 80% dos empréstimos-ponte” disse Maria Silvia Bastos Marques, presidente do Bndes, em evento organizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) no Rio de Janeiro. 

Durante a apresentação, Maria Silvia afirmou que as novas regras do Bndes podem valer já para o leilão de transmissão de energia, que vai acontecer em setembro. Ela teve uma reunião, na terça-feira, com a Aneel, que ficou de rever as premissas de participação do Bndes no financiamento dos projetos. Isso, no entanto, não indica que haverá mudanças, mas que o banco vai “revisitar as premissas” de sua participação. 

O Bndes também está buscando soluções para as pendências das concessões atuais, que poderão incluir venda de ativos e entrada de novos sócios. 

“Temos que buscar uma solução dentro das regras para resolver essas questões. Tem que ter venda de ativos, entradas de novos parceiros. Não é uma coisa que acontece de um dia para o outro”, disse Maria Silvia, sem dar um prazo para a solução. “Eu acredito que não conseguiremos ter sucesso em novas desmobilizações de ativos se não resolvermos essas questões pendentes.” 

O assunto foi discutido em uma reunião, na semana passada, entre Bndes, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. 


Fonte: Jornal do Commércio